Conheça o “minha casa minha vida”, novo programa de habitação em São Paulo

Os programas que incentivam e oferecem condições exclusivas para que as famílias conquistem o sonho da casa própria, tem sido cada vez mais procurados. Por isso, o governo de alguns estados resolveu investir em programas próprios para a localidade. É o caso do minha casa minha vida, um programa de habitação criado especialmente para quem reside em SP.

Quando falamos de programas habitacionais, é impossível não associar diretamente ao Minha Casa Minha Vida, o maior programa que permite condições vantajosas para a compra do primeiro imóvel.

É importante enfatizar que a criação de programas habitacionais a nível estadual não anula o Minha Casa Minha Vida. Os interessados poderão continuar participando das inscrições para o Minha Casa Minha Vida e conseguir subsídios incríveis para sair do aluguel.

Os programas locais são apenas outra alternativa que dá chance de pesquisa do melhor negócio para os compradores interessados, ou seja, muita vantagem para quem está pensando em morar no que é seu!

Mas como funciona o minha casa minha vida?

O programa estará sendo instalado em larga escala em breve e oferecerá condições de compra exclusivas para as famílias que se enquadrarem nos requisitos.

De acordo com o minha casa minha vida, famílias que recebem até três salários mínimos vigentes poderão estar se inscrevendo para receber o auxílio do programa.

A iniciativa é organizada da seguinte forma: as famílias que se enquadram na renda do programa podem se inscrever e conseguir até R$30 mil de suporte através de um cheque oferecido pelo minha casa minha vida.

Com essa grande vantagem, o comprador conseguirá financiar R$ 60 mil do valor total do imóvel, sendo parcelado em mensalidades de até R$ 450.

De acordo com o programa, essas parcelas podem variar bastante dependendo do preço do imóvel e do valor no qual o mesmo está situado.

Vale a pena comprar um imóvel pelo minha casa minha vida?

Como você conferiu acima, existem várias vantagens para quem opta por comprar um imóvel através do minha casa minha vida. O grande diferencial dessa proposta é a atenção para as moradias locais.

Como é um programa exclusivo do governo de São Paulo, pode ser mais fácil para os paulistas conseguirem acessar as vantagens do minha casa minha vida.

Enquanto isso, os programas a nível nacional, como o Minha Casa Minha Vida são mais disputados, por oferecerem faixas de subsídios variáveis.

O ideal é que o comprador faça uma consulta direta com os agentes responsáveis pelo programa e compare as vantagens de acordo com a sua renda mensal.


Quem Tem Direito ao PIS? Saiba as novas regras

Assim como qualquer outro benefício, saber quem tem direito ao PIS 2022 é muito importante para os brasileiros. Isso porque esse benefício é destinado aos trabalhadores privados. E mesmo sendo bastante conhecido entre nós, ainda tem pessoas que não sabem quem tem direito ao PIS 2022  e passam despercebidas pelo assunto. Por esse motivo, resolvemos ajudar.

Reunimos aqui as principais informações sobre esse benefício e como você pode está garantindo sua participação. Então, continue lendo e saiba tudo sobre quem tem direito ao PIS 2022  a seguir!

PIS 2022

Bastante conhecido apenas pela sua sigla, o Programa de Integração Social é um benefício de auxílio para os trabalhadores que são do setor privado. Para que seja possível de fato está recebendo esse valor, os trabalhadores devem está com cadastro ativo no Fundo PIS/PASEP.

Funcionando a mais de 70 anos, esse benefício veio sofrendo mudanças ao longo dos anos para que pudesse ser melhor distribuído. Assim, novas regras foram estabelecidas e para sacar esse valor é preciso segui-las.

Quem tem direito ao PIS 2022

É do saber de todos nós que nem todos os trabalhadores do setor privado pode está aptos a receber a sua quantia. Para poder receber, é preciso está atento a quem tem direito ao PIS 2022. Como já chegamos a falar acima, os requisitos são os seguintes:

  • Trabalhadores que possuem cadastro ativo no PIS a mais de 5 anos de inclusão;
  • Trabalhadores que recebem até 2 salários mínimos por mês;
  • Trabalhadores que tenham tido atividade efetiva no trabalho no mínimo 30 dias seguidos no ano-base constatados em sua carteira;
  • É preciso que trabalhador esteja constando na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) oferecida pelo empregador, com todos os dados fornecidos corretamente.

Novas regras PIS 2022

Com a necessidade melhorar essa distribuição, o Governo passou a implementar por ele que o valor recebido pelos beneficiários não seria mais unitário para todos os trabalhadores. Antes, qualquer trabalhador que fosse inscrito no PIS recebia o valor igual aos demais

Mais a frente você poderá está vendo de forma detalhada sobre o seu valor que está atualmente. Mas a sua distribuição mudou. Com as novas regras do PIS 2022, esse valor é distribuído de forma percentual.

Valor do PIS 2022

Assim como a maioria dos benefícios oferecidos pelo Governo Federal, o valor do PIS pode sofrer seus reajustes conforme o passar dos anos. Isso porque quem tem direito ao PIS 2022 recebe seu valor de acordo com o salário mínimo que está vigente.

E ciente de que todos os anos esse valor base também é reajustado, os valores do benefício também será alterado. Também conhecido como o famoso abono salarial, para os que não trabalharam de forma integram ao ano, estará recebendo o percentual de meses trabalhados.

Como o banco que é responsável pela distribuição desses benefícios é a Caixa Econômica, é possível está sacando seu valor em qualquer ponto de atendimento da Caixa. E não esqueça de está sempre com o seu cartão do benefício e documento com foto para comprovação.

Cota PIS 2022

Outro beneficio oferecido para os trabalhadores, são as suas Cotas. Que são os rendimentos disponíveis em sua conta individual de participação do programa. Esses são os rendimentos que são incorporados em sua conta e podem ser solicitados para saque.

Para isso, é preciso apresentar alguns documentos ao banco e prosseguir com o seu saque. Ainda não sabe quais são? Clique aqui e confira quem tem direito a esse saque!

Como consultar PIS 2022

Com os avanços tecnológicos, você pode está conseguindo consultar saldo do PIS 2022 sem precisar sair de casa. Feita através do site, você pode prosseguir da seguinte maneira:

  • Acesse o site da Caixa Econômica, clicando aqui;
  • Em seguida, escreva nos campos solicitado o número do seu PIS e escolha uma senha;
  • Caso seja o seu primeiro acesso, selecione a opção ‘Cadastrar senha’;
  • Confira o termo e condições e continue clicando em ‘Aceitar’;
  • Digite a senha do seu cartão e a senha que escolheu;
  • Encerre selecionando a opção de segurança e clicando em ‘Confirmar’.

Depois é só voltar ao menu e fazer seu login. Se preferir, você pode está fazendo essa mesma consulta através do telefone de contato: 0800 726 0207. Esse é o número de atendimento da Caixa Econômica.


7 Mitos sobre Programas Sociais que você não sabia!

O Bolsa Família realmente fez um grande diferencial na vida de diversos brasileiros. Muito se fala sobre o programa, mas nem tudo de fato é verdadeiro. Para ajudar a esclarecer mais sobre o programa, reunimos 7 mitos sobre o Bolsa Família que você não sabia que podem desmistificar muito do que é dito por aí.

Os 7 Mitos sobre o Bolsa Família que você não sabia

Desde de sua implantação em 2003 o Bolsa Família é um dos programas do Governo Federal que mais ajuda famílias a sair do estado de pobreza extrema. Já são mais de 13 milhões de famílias ajudadas ao longo de mais de uma década de programa e muitas estão entrando quando possuem direito ao pagamento do Bolsa Família 2022!

1 – O Bolsa Família estimula os brasileiros a não trabalhar

Este é um dos pensamentos mais propagados nas ruas, mas não é verdade. Um dos critérios para conseguir ter o cadastro aprovado no programa é possuir uma renda familiar de até R$ 85 para famílias extremamente pobres e até R$ 170 para a classificação de pobre.

O valor é uma boa ajuda de custo para quem não possui nada, mas você acredita que de fato pode sustentar uma família no luxo e estimular seu desemprego? A bolsa é muito mais baixa que um salário mínimo e serve para comprar o básico, mas não substitui uma renda de verdade.

2 – O Bolsa Família estimula a gravidez visando o benefício

O beneficiário pode ter quantos filhos quiser e cadastrar todos no programa, mas o valor do Bolsa Família 2022 máximo é de R$ 195 por família. Logo, a ideia de que muitas brasileiras estão tendo filhos para receber a bolsa não é válida porque mais de uma criança já pode se tornar extremamente penoso o sustento com esse valor. Imagine cinco ou seis.

3 – Pode mentir no cadastro e não terá problema

Cadastro Bolsa Família não é feito com informações verbais e sim comprovação por meio de documentos. Muitos podem tentar alegar extrema pobreza mas não serão aprovados. E se fraudarem os documentos estão sujeitos a uma penalidade de dois a cinco anos de prisão e pagamento do valor recebido integral com juros e multa.

4 – Tem gente recebendo R$ 2 mil do Bolsa Família

O próprio sistema do programa não permite este tipo de falha. Por família é possível cadastrar no máximo cinco membros e somar um valor de meio salário ao máximo. Uma sexta pessoa do mesmo núcleo familiar já não consegue ser cadastrada.

5 – O Benefício do Bolsa Família é para a vida toda

Por medida de segurança para evitar fraudes, o recebimento é garantido por apenas dois anos quando na situação de baixa renda. Após este período é necessário fazer o recadastramento e reafirmar todos os dados e documentos sobre a sua situação de renda, e só assim conseguir voltar ao recebimento.

6 – O Bolsa Família é responsável por quebrar o Brasil

A arrecadação em impostos e tributações é mais de duas mil vezes maior que o dinheiro usado no programa. O grande mito é acreditar que pequenos pagamentos são responsáveis pela crise financeira no país. A ação do Bolsa Família é de redistribuição de renda e não tirar dos fundos necessários.

7 – O Bolsa Família gera uma dependência da renda

Se você acredita que um valor de R$ 39 mensal para uma gestante ou lactante por seis meses e R$ 85 para um chefe de família gera dependência, então está desatualizado sobre os preços dos produtos no mercado.

Com R$ 39 é possível comprar entre seis e oito caixas de leite. Uma criança consome muito mais que isso. A dependência financeira existiria se os produtos custassem centavos e não reais.


Quem tem direito ao BPC?

Se você está aqui para ter mais informações sobre o BPC 2022, chegou no lugar certo! Vamos te explicar tudo o que se refere a esse benefício, principalmente quem tem direito e o que fazer para conseguir o seu benefício. Aliás, você sabia que há pouco tempo houve uma alteração no valor do BPC 2022? Se a sua resposta for não, este texto é para você! Continue lendo para ter todas as informações e não perder nenhuma novidade deste assunto. Vem com a gente!

BPC 2022

O Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social mais conhecido como BPC existe desde o ano de 2011 e tem o principal intuito de garantir o sustento e diminuir os índices de miserabilidade entre a população brasileira.

A lei que assegura o cumprimento do BPC 2022 é o LOAS 2022 e este tem auxiliado e contribuído com a subsistência de milhares de brasileiros.

Quando se fala neste tema, é comum muitas pessoas terem dúvidas em relação ao tema.

Desse modo, uma dos questionamentos mais feitos entre as pessoas, é se:

Para conseguir o benefício, a pessoa precisa ter contribuído junto à Previdência Social?

A resposta é não. Isso porque o valor pago mensalmente por meio do LOAS não é fruto de uma arrecadação trabalhista, e sim um benefício social destinado às pessoas carentes.

Quer saber mais sobre isso? Acompanhe o tópico a seguir!

Quem tem direito ao benefício?

As pessoas que podem ser assistidas pelo programa são:

  • Deficientes;
  • Idosos com idade maior que 65 anos;
  • Receber 1/2 do salário mínimo atual por cada componente familiar.

É válido mencionar que para dar início ao pedido do BPC 2022, a pessoa precisa estar inscrita no Cadastro Único 2022 do Governo Federal já que este é o meio eficaz e utilizado para reorganizar as famílias de baixa renda em nosso país e atribuir o benefício a quem é de direito.

Novo valor BPC 2022

A pergunta mais feita atualmente é se o BPC 2022 vai sofrer algum reajuste. A resposta é sim!

Apesar de que algumas autoridades lutam para vetar o aumento e congelar o valor do benefício, ao que tudo indica que o BPC 2022 vai aumentar em virtude do valor do salário mínimo.

Para quem não sabe, o benefício dá direito ao recebimento do que equivale a um salário mínimo. Desse modo, o valor do BPC 2022 é:

  • R$ 1.045 reais.

Se você quer saber como receber este benefício e de que forma pode conseguir os seus direitos, continue lendo e veja a seguir mais informações sobre o Benefício de Prestação Continuada 2022.

Como receber o BPC 2022

Bem, para receber o BPC 2022 você precisa antes:

  • Saber se tem direito ao benefício;
  • Realizar o pedido por meio do portal do INSS.

Se confirmada essas informações, acompanhe o passo a passo abaixo e veja como você pode conseguir este benefício.

  • Acessar o portal oficial do Meu Inss. Clique aqui;
  • Clique em entrar, caso já tenha cadastro;
  • Se não tiver clique em inscrever no INSS;
  • Preencha as informações pedidas e você vai ter um login e senha para o acesso;
  • Logo após entre no site e clique em agendamentos;
  • Vá para novo requerimento e avance;
  • Na aba pesquisar escreva a palavra idoso;
  • Selecione o benefício e confirme;
  • É importante estar sempre atento ao portal, pois é de lá que sairão as informações sobre o andamento da sua requisição;
  • Feito isso, só aguardar e boa sorte com o seu BPC 2022.

Para realizar o pedido, os documentos necessários são:

  • RG;
  • CPF.

Para mais informações sobre o BPC 2022 assim como datas, cronogramas e valores, continue acompanhando a nossa página.